DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA - 20.11.2020

Um homem negro de 40 anos foi morto. Assassinaram um homem negro de 40 anos. A culpa dele? Resistir. Ele resistiu e, por isso, foi morto. Na data de hoje, lembramos da morte de um homem negro de 40 anos que perdeu sua vida por resistir.


Estou falando de Zumbi dos Palmares que morreu em 1695, aos 40 anos, como o homem negro procurado por resistir à dominação portuguesa e ser o último líder do que se tornou o quilombo mais importante da colônia. O que eu não esperava é que poderia estar falando também de João Alberto Silveira Freitas, um cliente do Carrefour em Porto Alegre que foi agredido até a morte também por resistir.


No Dia da Consciência Negra, esse dia tão celebrado por todas e todos nós, descendentes de Zumbi, acordamos com a notícia de que 325 anos não foram suficientes para apagar a herança de morte do corpo negro. Ao passo em que avançamos em assumir mais lugares de poder, andamos para trás quando o tema é ódio contra nossa ancestralidade.


Gostaria de escrever sobre estar a uma semana de poder ser a primeira da família de pardos (descendentes de escravizados e indígenas) a receber o título de doutora. Gostaria de, no dia de hoje, celebrar a vitória dos meus antepassados. No entanto, vejo o rosto deles a chorar com a morte de mais um dos nossos. O que mais poderia fazer para enxugar essas lágrimas? Por que tudo que faço parece não ter resultado? Do que adianta?


Não tenho como terminar esse texto em uma nota alegre nem esperançosa. Zumbi (que significa espectro/alma em quimbundo) ainda vive em nós. A lenda é verdade, ele é imortal, uma vez que ninguém mata um ídolo. Só que joãos albertos não são. Joãos albertos são esquecíveis, assim como claudias, douglas, eduardos, carlos eduardos, cleitons, wiltons, wesleys, evaldos, lucianos. Todos eles foram esquecidos por mim, por você, por todos, assim como João Alberto também será. Será?




- Em respeito às histórias dos citados, também trago os nomes completos daquelas e daqueles que tiveram suas vidas abreviadas esquecidas:


Douglas Martins Rodrigues, Claudia Silva Ferreira, Eduardo de Jesus Ferreira, Roberto de Souza Penha, Carlos Eduardo Silva de Souza, Cleiton Corrêa de Souza, Wilton Esteves Domingos Júnior, Wesley Castro Rodrigues, Evaldo Rosa dos Santos, Luciano Macedo.

5 visualizações
  • Branca Ícone Instagram

© Copyright 2020 - Todos os direitos reservados - Tassi Oliveira